Imagine

"This man is obviously not gay. Bitches eat this shit up. He probably gets so much ass he doesn't even like it. And that's why he's more a man than you'll ever be."

Imagine um homem que lhe beija suavemente as bochechas, seus lábios na calma e certeza de que são dele, de que aquilo nao será por quinze minutos, mas por uma vida. Imagine alguém que lhe ama sem ter visto seu corpo, um amor cego. Imagine alguém que pede como prova de amor prova de amor alguma, alguém que te ama sem maquiagem e sem graça aparente.


Imagine.

Agora, seja a mulher que consegue roubar o coração desse homem.

(Agora imagine que eu tenho um lap top chileno e tenho que colar o "c" com cedilha e o "a" com tio em cada palavra que precisa deles. Quase empecilho.)


5 escafandrinhos disseram algo:

Jeniffer Yara disse...

Que texto fofo *-*

Fernand's disse...

eu sempre digo que o amor é que nos encontra. eu achava que já o tinha encontrado... a vida resolveu me fazer uma surpresa e tudo mudou.

rsrs



bjsmeus

Anônimo disse...

Gostei do detalhe do lap. aeuhauehua beeijo =*

larissa disse...

E de tanto imaginar, eu consegui viver uma história assim. Ou melhor, vivo uma. E imaginar isso não passa de uma rotina pra mim.

Um beijo, Lê.

Ғelipe Eller disse...

"Alguém que te pede como prova de amor prova de amor alguma."

E que venham cedilhas e faltas de til, que desapareça a pontuação!É mais forte que isso! Awn, to me enrolando aqui...

Lindo lindo! Beijos