O Massacre do Primeiro Dia

Ok, postagem rápida porque tenho que lavar a louça, terminar de organizar meu pré-fichário e tentar lavar o cabelo.
Hoje foi meu primeiro dia de aula e ele deu medo.
Não tinha gente com serra elétrica correndo atrás de mim, nada do tipo. Tinha uns caras com fação, outros com bazuca, mas acho que não conta.

Brincadeira. Não tinha nada disso.

Bom, tive a depressiva notícia de que minha professora de literatura que eu esperei um ano para me dar aula de novo, a Jê, não vai dar aula na minha unidade. Também terei infinitas matérias que exigirão de meu cérebro o melhor de minha vida. (medo)
E é cedo para dizer, mas talvez o pessoal da minha sala não vá com a minha cara.
Na outra unidade, eu já era idosa e todo mundo me conhecia e era meu amigo. Hoje quase ninguém olhou para a minha cara, nem os meninos (que à propósito, me desculpe, mas não são bonitos) nem as meninas, que já devem estar me achando uma metida. Porque todo mundo que me conhece me acha metida. Ou idiota.
Mas dane-se, aos poucos vou conhecendo todo mundo e encontrando o caminho para Terabítia.
Brincadeira, o caminho para a felicidade, eu ia dizer, mas nem vou mais porque ficaria bizarro.

AAAAAAAAAAAAAAAI MEU DEUS,.
E aquelas postagens escrito: "Ooi, testando letra"?????
Oh My Dog, eu tinha certeza que tinha apagado aquilo, era para testar umas fontes novas, mas o meu grau de topeirice fez com que eu publicasse aquilo. Que vergonha.
E é isso, não posso mais ficar aqui. Os caras da bazuca estão chegando.

Beijos, Queijos e Azuleijos

1 escafandrinhos disseram algo:

Juuuuh' disse...

omg' lee ! uhasuhsaauhs' caras com bazuca? legaal (Y
amei essa postagem , mesmo sendo do primeiro dia de aula. sauhsuhauhsa'
beijos!