Não quero pensar em títulos

Não posso parecer fraca. Não na frente dele.
Nesse momento, sinto vontade de chutar essas paredes apertadas, gritar até minha garganta sangrar.
Tudo porque não consigo segurar essa língua. Tenho sempre que falar o que eu penso, sem pensar que o que estou prestes a dizer pode ser bobagem.
Droga, droga!
Não vou conseguir nem pedir desculpas. Porque eu acho que amo aquele garoto.
Droga.

0 escafandrinhos disseram algo: