Indispensável - Edgar Degas

Estava vendo meus marcadores de postagem (aqueles do tipo emoção, rotina, música etc..) e ví que só tenho um artigo sobre artes plásticas. Fiquei indignada. Logo eu, tão interessada nas fases marcantes, pintores importantes e coisa e tal. Então vou falar um pouco sobre um dos meus pintores preferidos: Edgar Degas.

O seu nome verdadeiro inteiro é Edgar Hilaire Germain de Gás (daí Degas). É paresiense e viveu 83 anos, falecendo em 1917, na sua cidade natal. Nem preciso dizer que foi impressionista, devido à época. Uma curiosidade sobre ele é que, quando fosse pintar suas bailarinas (ele mesmo as escolhia), se zangava e mandava-as fazer diversas poses, até que encontrasse uma que lhe agradava. Também é conhecido pelos ângulos curiosos que escolhia para pintar. Um exemplo é este aqui em baixo, chamado "Cantora de Café-Concerto"




Nessa fase de suas pinturas, Egdar dizia: "Já pintei quadros vistos de cima, agora vou pintar alguns vistos de baixo. Sentado perto de uma mulher, vou olhar para ela de baixo para cima"
Esse quadro é da época em que ele pintava ambientes sociais movimentados, como cabarés, teatros, orquestras etc... Também é muito, quero dizer, principalmente, conhecido por pintar bailarinas. Acho que é a parte da sua pintura que mais gosto. Aqui dois dos quadros mais conhecidos:


.
A primeira é "Prima Ballerina" e a segunda, "Foyer de Dança da Ópera". No Google, dá pra encontrar algumas com definição e iluminação melhor. Também dá pra clicar nas fotos na própria postagem, que já aparece maior.
.
Também houve a parte dos circos, do jóqueis, quadros históricos, esculturas, e muto mais. Mas o principal e o que lhe fez famoso, está aqui, em destaque. Eu, pessoalmente, acho Egar fantástico. As inovações, as cores, a delicadeza das bailarinas produzida de tal forma que poucos flahses de máquinas digitais conseguem segurar. Degas, para mim, é fundamental. E nada melhor do que usar esse veículo (meu blog) para fazer o mundo (ou pelo menos, meus amigos) conhecerem essa obra prima que fabricou obras primas.

0 escafandrinhos disseram algo: