Des-pre-zí-vel.

Acabei de ler uma comunidade do orkut que dizia:


"Você sabe qual é o seu problema?
Não, o que? Eu sou melhor do que você?"

Nossa, eu fico tão, mas tão intrigada e frustrada e estressada quando leio esse tipo de coisa. E o pior de tudo é que essa comunidade está na lista das poucas comus de uma pessoa que eu conheço. E essa pessoa é muito, muito bonita. O problema é que ela se estraga com esse tipo de coisa. E eu sei: cada um é cada um, livre arbítrio, blá blá bla, mas francamente, entrar numa comunidade dessas é doentio! É pura falta de inteligência.

Essas pessoas passam o dia todo escolhendo roupas que combinam com as outras roupas. Ostentando maquiagem de marca, fofocando sobre aqueles que elas acham que não são do mesmo nível...

Isso é muito, muito ridículo. Tem tanta coisa para ser vivida nesse mundo, tantas coisas para se conhecer! Tantas peronalidades para serem experimentadas, histórias para serem contadas, romances para serem vividos.

E eu me pergunto: quando esse tipo de gente morrer, o que vai acontecer? Vão ser eternizadas como heróis, por terem sido "melhores do que os outros"? Isso não existe. Esse universo alternativo que elas escolhem para construir suas vidas é uma mentira!

E sabe por que? Porque elas só conseguem impressionar seu próprio público. Ninguém lhe daria valor em qualquer outro lugar. Porque o dinheiro não é nada, nada comparado à tudo que o espírito nos oferece. Sentir amor, compaixão, sentir vida. Isso tudo do lado de dinheiro torna-o bizarro. Tudo se torna desprezível.

Eu não quero dizer que sou perfeita, um exemplo. Mas isso? Isso é demais para eu me calar perante.

0 escafandrinhos disseram algo: