Pular

Ser calma não é exatamente de minha natureza. Mas você me deixa calma como --

Como o que?

Como a batida desse coração não deve ser, pois com você ao meu lado, ele bate como numa orquestra. Como meus olhos piscam, talvez. Pois os pisco tão pouco e lentamente, para não perder nenhum de seus rostos, jeitos e sorrisos.

Estou com mais medo ainda de pular.

0 escafandrinhos disseram algo: