Meu garoto,

Não somos mais crianças. Nossas vidas seguem seus rumos alternativos e eu provavelmente continuarei com este. Não posso dizer que não vejo mais graça em nada, mas meu senso de humor se altera inevitavelmente.
Eu estou sempre com esta máscara séria, mas acredite: todos os dias eu rio até meu diafragma dizer: "Vamos com calma, eu também preciso viver." A Homeostase não é continua, nem constante. Mas acontece de tempo em tempo e não tenho problemas com meu auto-controle.
Queria lembrar-lhe de que, infelizmente, caímos nessa vala. E estamos a quantos metros do chão? Será que já desabei para fora do mundo e a inércia me mantém iludida?
O fato é que não vejo mais sentido em esperar para me apaixonar por você. Tenho essa minha teimosia contra o amor, mas pensar em você já se tornou hábito há muito tempo. Quando você sorri, eu não posso responder sem sorrir também. Eu me sinto uma boba, parece que me roubam a maturidade e só me devolvem quando você fica sério.
Por favor, sempre me chame de linda, mesmo eu não sendo. Mexa com minhas mãos como um ilusionista, e depois estale os dedos para eu finalmente acordar segura em minha cama. Ou então talvez eu acorde em seus braços. Talvez eu nem acorde, e durma em você para sempre. Sugiro que entremos num acordo: eu te amo, e você me ama de volta. Eu te abraço, e você me abraça forte. E quando eu te beijar, por favor: torne o momento inesquecível. E tente não mudar. Eu gosto de você exatamente como você é.
Então, temos um trato? Somos crescidos, já lhe disse. Não precisamos ter mais medo, ou nos importar com o alheio. Apenas segure minha mão e não me deixa cair enquanto volto à superfície.

2 escafandrinhos disseram algo:

Carlos Renato disse...

Perfeito o texto Leh, muito bom mesmo! Parabéns!!! =)

Princess disse...

nossa , lindo demais!!
e como sempre vc jah sabia q eu ia gostar..
pke afinal de contas: vc sabe o q eh melhor pra mim!

ironico, mas no fundo verdade

te amo leeh