Seven hearts

Sete meses, Lana, sete meses. Você me disse que ele te disse que sete meses seria o tempo total. Quanto mais as estações se aceleram, mais vejo que foi tudo muito bem-calculado. O calor que me tirava o medo já estava se perdendo havia muito tempo, mas agora vejo que não sinto nenhuma mísera parte dele, sequer. Nenhuma faísca, nenhuma crença forte. Nenhum amor, Lana.

Existe algum caminho curto no qual eu possa, sozinha, voltar a ter minha inocência e fantasia? Não quero ser adulta, se ser adulta significar ser forte e sensata ao mesmo tempo. Quero ser como era antes. Quero aquela energia preenchida até o topo, como exatamente sete meses atrás.
Como se medir sensações fosse possível. Lana, Lana.

0 escafandrinhos disseram algo: